Parquinho privado mantido ha 40 anos no Sumaré / by clarissa morgenroth

Dessa vez não foi preciso ir muito longe para achar o assunto dessa notícia. A algumas quadras da minha casa, no bairro de Sumaré, em São Paulo, um senhor chamado Adalberto cuida de um parquinho lindo para crianças há mais de 40 anos. Um parquinho que ele mesmo construiu, em propriedade de sua família e que ele mesmo mantém. Ali, num terreno de 300 m2 tem de tudo que uma criança possa gostar: castelo, carrossel, casa na árvore, gangorra e balanço. Tem também uma “trilha na floresta” com mais de 60 espécies de plantas, uma galinha e uma lata de lixo que agradece o seu lixo!

Ao meio de muitas plaquinhas, há uma que revela a filosofia do seu Adalberto. Ela diz:

1 – Sempre podemos – e devemos – oferecer alguma coisa para os outros sem pedir nada em troca (a felicidade que despertamos nos outros vai se refletir em nós mesmos)

2 – Todos podemos – e devemos – viver em perfeita harmonia, independente de cor, religião, nacionalidade, ou poder aquisitivo (não é muito melhor assim?).

 Parabéns ao Sr. Adalberto!